Você sente que as contas do seu negócio veterinário chegam mais rápido do que o recebimento das vendas? Mesmo com um planejamento financeiro e boas vendas, parece que a conta…

Descasamento do fluxo de caixa: descubra como isso pode acabar com o seu negócio veterinário

Publicado em 06/02/2020


Você sente que as contas do seu negócio veterinário chegam mais rápido do que o recebimento das vendas? Mesmo com um planejamento financeiro e boas vendas, parece que a conta não fecha no fim do mês? Tudo isso pode ser sinal do descasamento do fluxo de caixa.

O problema pode acontecer em qualquer empresa, inclusive naquelas que estão saudáveis. Contudo, quando o descasamento do fluxo de caixa ocorre frequentemente, é um sinal de alerta vermelho!

Para saber mais sobre esse desafio que pode acabar com o seu negócio veterinário, basta continuar a leitura. Além de um panorama geral sobre o assunto, você vai descobrir dicas valiosas para corrigir o descasamento do fluxo de caixa.

O que é descasamento do fluxo de caixa?

Primeiramente, você precisa compreender que o fluxo de caixa é toda a movimentação financeira da empresa durante determinado período, ou seja, o dinheiro que entra e que sai.

Assim, a empresa recebe o dinheiro de clientes em troca de seus produtos ou serviços. Quando o pagamento é parcelado no cartão, por exemplo, parte do seu fluxo de caixa faz parte das contas a receber.

Do outro lado, existem as contas a pagar, que são todas as despesas do negócio, como aluguel, folha de pagamento, compra de mercadorias etc.

Então, podemos dizer que o fluxo de caixa funciona como uma balança: de um lado, a receita e de outro, as despesas. Um fluxo de caixa saudável significa que a balança está em equilíbrio ou mais pesada do lado da receita.

O descasamento do fluxo de caixa acontece quando as contas precisam ser pagas antes do recebimento pelas vendas, resultando em um desequilíbrio.

Por exemplo, se o seu negócio veterinário aceita cartões e faz o parcelamento das compras, parte do faturamento entrará no caixa alguns dias. Porém, o restante poderá cair em sua conta em 30 ou até 60 dias. Durante esse período, as despesas continuam e, na maioria dos casos, precisam ser pagas em um prazo mais curto.

Quais são os perigos do descasamento de caixa?

Essa situação é mais comum do que você pensa, já que não é possível controlar totalmente a movimentação financeira de uma empresa. Entretanto, o grande perigo do descasamento de caixa é quando o desequilíbrio ocorre com muita frequência.

Powered by Rock Convert

Nesse caso, as consequências para o negócio veterinário podem ser graves, incluindo:

  • Atraso no pagamento das despesas;
  • Uso do cheque especial;
  • Perda de fornecedores por causa da falta de pagamento.

Como solucionar o desequilíbrio no caixa?

Se você percebeu o descasamento do fluxo de caixa no seu negócio veterinário, não precisa se desesperar. Existem algumas ações para reverter a situação que você pode colocar em prática o quanto antes:

1. Planejamento financeiro

A melhor maneira de evitar e corrigir o descasamento é com um planejamento financeiro eficaz. Para isso, é recomendado criar relatório de gastos e receitas para os próximos 6 meses do seu negócio veterinário.

Dessa maneira, você consegue visualizar todas as contas que precisa pagar, além do montante a ser recebido e as datas de entrada no caixa. Logo, qualquer desequilíbrio poderá ser notado com antecedência e com tempo suficiente para tomar as medidas necessárias.

Lembre-se que o BensVET pode auxiliar muito você nessa tarefa, gerando automaticamente os relatórios necessários para que você faça o acompanhamento em tempo real das entradas e saídas financeiras do seu negócio veterinário.

2. Aumente as entradas

Uma dica prática para recuperar o equilíbrio do caixa é aumentar o faturamento da sua clínica veterinária ou pet shop. Você pode criar, por exemplo, uma promoção e oferecer descontos para pagamentos à vista. Enquanto isso, ainda é possível fazer vendas parceladas e com os valores normais para ganhar um “fôlego” para os próximos meses.

Pelo BensVET Premium é possível notificar os seus clientes sobre suas promoções, criando muito mais oportunidades de aumentar o seu faturamento. Por isso, não deixe de utilizar essa função!

3. Renegocie os pagamentos

Para solucionar o desequilíbrio de caixa também é possível fazer esforços do outro lado da balança. Para isso, procure renegociar os pagamentos com os fornecedores, buscando um prazo maior para quitar as dívidas e escapar das altas taxas de juros.


Percebeu como o descasamento do fluxo de caixa pode prejudicar o seu negócio veterinário? Por isso, manter uma boa gestão do fluxo de caixa é essencial para avaliar a situação da sua clínica veterinária ou pet shop e fazer o planejamento financeiro para os próximos meses.

Que tal começar a organizar o fluxo de caixa em sua empresa? Então descubra como controlar as contas a pagar e a receber dentro da clínica veterinária ou petshop.

Quer receber mais dicas e informações referente ao mercado Pet? Inscreva-se na Newsletter e se mantenha informado!



Deixe seu comentário

Grupo Ambplan - Todos direitos reservados - 2020