Ter um animal de estimação significa ter amor incondicional, mas também é sinônimo de responsabilidade. Alimentar, levar para passear, fazer companhia são apenas algumas das tarefas diárias de quem possui…

Como montar uma creche para pets: 6 passos para abrir seu day care

Publicado em 07/01/2020 | Atualizado em 08/01/2020


Ter um animal de estimação significa ter amor incondicional, mas também é sinônimo de responsabilidade. Alimentar, levar para passear, fazer companhia são apenas algumas das tarefas diárias de quem possui um pet.

Contudo, é cada vez mais difícil ter tempo para fazer isso todos os dias, já que as pessoas passam a maior parte do dia fora de casa. Nesse sentido, um modelo de negócio está crescendo no país: a creche para pets.

Também conhecido como day care, o negócio é uma alternativa interessante para quem não tem muito tempo e espaço para cuidar dos animais no dia a dia. O serviço oferece vários benefícios aos pets, como espaço para brincadeiras e atividades de lazer, que diminuem significativamente os sinais da ansiedade de separação entre pet e tutor.

Para quem quer empreender na área também é vantajoso, já que as creches para pets trabalham com pacotes mensais, gerando uma receita recorrente. Além disso, é possível fidelizar os clientes ao oferecer outros tipos de produtos e serviços no estabelecimento.

Ficou interessado por esse tipo de negócio do mercado pet? Então confira o passo a passo para montar uma creche para pets!

Passo a passo para montar uma creche para pets

1. Avalie o mercado pet

O primeiro passo para montar uma creche para pets bem-sucedida é avaliar o mercado. Para isso, comece fazendo uma pesquisa com possíveis clientes. Procure saber se eles contratariam o serviço, quais as expectativas com uma creche para pets e, principalmente, quanto estariam dispostos a pagar pelo serviço.

Além disso, é importante avaliar o local onde pretende montar o negócio. Verifique se nessa área há uma procura pelo serviço de day care e se existe um potencial para esse tipo de negócio.

Avalie também a concorrência, analisando os serviços prestados, preços praticados etc.

2. Defina os serviços de sua cheche para pets

Uma creche para pets pode oferecer diversos serviços, dentre eles:

  • adestramento;
  • alimentação;
  • atividades de lazer;
  • massagem;
  • terapias alternativas;
  • fisioterapia;
  • natação.

Além disso, o estabelecimento pode incluir outros tipos de serviços, como clínica veterinária, pet shop e banho e tosa, por exemplo.

Com tantas possibilidades, é fundamental que você defina previamente quais serviços serão oferecidos em sua creche para pets. Para isso, considere a necessidade de estrutura, materiais e contratação de profissionais.

3. Estrutura necessária para um pet care

O espaço é outro item fundamental que precisa ser considerado ao montar uma creche para pets. Embora a estrutura dependa dos serviços oferecidos, existem alguns itens básicos que fazem parte de todas as creches.

Powered by Rock Convert

Primeiramente, o espaço precisa oferecer uma boa acomodação para os animais. O ideal é planejar canis individuais em espaços com aproximadamente 2m x 3m. Além disso, o ambiente pode ter vários setores para separar os animais de acordo com o porte.

Outra área indispensável em uma creche para pets é o espaço ao ar livre para recreação, afinal, os pets precisam se exercitar e socializar com os outros animais durante o dia.

4. Equipamentos para creche animal

O próximo passo é providenciar os equipamentos necessários para o funcionamento da creche. Alguns itens veterinários básicos são indispensáveis, como:

  • guias e coleiras de vários tamanhos;
  • comedouros e bebedouros;
  • caminhas;
  • materiais de higiene;
  • brinquedos variados;
  • petiscos;
  • demais acessórios utilizados na rotina de cuidados com os pets.

É importante considerar uma forma de climatização dos espaços individuais, principalmente se a sua região tem temperaturas muito extremas ao longo do ano.

Investir em um sistema de câmeras pode ser um diferencial para o estabelecimento. Com isso, os donos podem acompanhar a rotina dos animais e se sentem mais confiantes com o serviço.

5. Pessoal para montar uma creche para pets

O próximo passo para montar uma creche para pets é considerar a contratação de profissionais. Basicamente, é preciso ter algum responsável pelo atendimento aos clientes, ou seja, para receber e entregar os animais. Também é importante contar com uma equipe de profissionais para cuidar dos animais e acompanhar as atividades de recreação.

O apoio de um médico veterinário é essencial, principalmente para resolver questões de emergência com os pets.

6. Organização é tudo em seu day care pet

Não deixe para se preocupar com a organização depois de abrir o negócio. Incluir esse tópico no planejamento é fundamental para ter uma creche para pets bem-sucedida.

Então, pense como vai funcionar a dinâmica de trabalho no seu negócio. Para isso, você pode contar com a ajuda do BensVET. O sistema de gestão veterinária organiza e integra as principais informações sobre o negócio em um só lugar. Dessa maneira, é possível ter a ficha dos animais, realizar agendamentos, fazer a gestão das acomodações, gestão de vendas e etc.

Tudo isso facilita o trabalho no dia a dia e você pode ter mais tempo para se preocupar com o que realmente interessa para o seu negócio prosperar.

Este artigo foi útil para mostrar o passo a passo para abrir uma creche para pets? Caso ainda tenha dúvidas sobre esse tipo de negócio, deixe nos comentários abaixo!



Deixe seu comentário

Grupo Ambplan - Todos direitos reservados - 2020