Realizar o controle de estoque de clínica ou hospital veterinário não é uma das tarefas mais divertidas. Porém, é um tópico importante para o sucesso da sua empresa.

Para ter uma…

6 dicas para organizar o estoque da sua clínica ou hospital veterinário

Publicado em 21/10/2019

Realizar o controle de estoque de clínica ou hospital veterinário não é uma das tarefas mais divertidas. Porém, é um tópico importante para o sucesso da sua empresa.

Para ter uma noção, pense nos problemas que você enfrentou nos últimos meses:

Medicamentos vencidos, falta de um produto específico, desorganização no estoque e perda de materiais. Esses são apenas alguns exemplos do que pode acontecer quando não há uma organização no estoque da sua clínica.

Por mais que pareçam problemas pontuais ou pequenos, com o passar do tempo, tudo isso gera prejuízo financeiro, atendimento ruim e diminuição na qualidade dos seus serviços.

Portanto, está na hora de mudar essa realidade e se concentrar na organização de estoque.

Aqui estão 6 dicas de controle de estoque para clínica ou hospital veterinário que vão ajudar a economizar tempo e uma quantia significativa de dinheiro em seu negócio. Confira!

1. Realize um inventário

O primeiro passo para organizar o estoque da sua clínica ou hospital veterinário é ter um inventário. Basicamente, isto quer dizer que você precisa listar todos os produtos e bens disponíveis na empresa.

É importante que o inventário seja atualizado periodicamente, dependendo das necessidades de cada negócio. Para isso, você pode utilizar ferramentas de organização, como uma planilha. Assim, acrescente o nome do produto, data de validade, marca e quantidade disponível no estoque.

2. Controle a entrada e saída de mercadorias

Um animal precisa de um medicamento e, no momento da aplicação, você percebe que o produto está em falta. Ao mesmo tempo, observa nas prateleiras que há dezenas de unidades de um item que dificilmente é vendido. Essa é uma realidade comum quando não há organização no estoque de uma clínica ou hospital veterinário.

O problema seria facilmente evitado com um controle eficaz de entrada e saída de mercadorias. Além do inventário, certifique-se de manter o fluxo de produtos atualizado, incluindo as datas de entrada e saída.

Com base nas informações, é possível saber quais itens são mais vendidos, o prazo médio que cada produto fica nas prateleiras, além de permitir uma estimativa para a próxima compra.

Essa tarefa pode parecer desanimadora. E realmente será, se você fizer tudo manualmente. Contudo, um software de gestão como o BensVET facilita o processo e ainda reduz o risco de falhas, já que também trabalha de forma integrada com a gestão de compras.

Comece a usar o BensVET gratuitamente.

Powered by Rock Convert

3. Organize o processo de compras

Saber o que comprar e quando comprar é uma etapa fundamental para o controle de estoque de clínicas. Afinal, muitos produtos “encalhados” nas prateleiras é sinônimo de dinheiro parado, o que pode gerar prejuízo para o seu negócio.

Portanto, tenha um processo de compras estabelecido e, de preferência, conte com ferramentas de gestão para orientar durante as compras.

O sistema BensVET, por exemplo, tem uma ferramenta de compras que indica o momento e a quantidade certa de itens para o próximo pedido. Isso é muito útil para evitar que você compre uma mercadoria sem necessidade ou esqueça de outras que estão necessárias no momento.

4. Fique atento ao prazo de validade

Você já deve saber, mas não custa nada lembrar que os itens fora do prazo de validade podem causar sérias consequências para o negócio. Entre elas, multas e até o fechamento do estabelecimento.

Portanto, é essencial estar sempre atento ao prazo de validade das mercadorias, principalmente medicamentos e produtos alimentícios para os pets.

Assim como nas dicas anteriores, tenha uma planilha de controle com as datas de validade das mercadorias e evite prejuízo ou ainda um sistema veterinário que faça esse controle para você.

5. Tenha um cadastro dos fornecedores

Ter um histórico de cada fornecedor é uma tarefa básica, mas que muita gente deixa de lado. Então, agora que você está procurando organizar o estoque da sua clínica ou hospital veterinário, certifique-se de manter um cadastro dos fornecedores.

Dessa forma, fica muito mais fácil fazer orçamentos, comparar preços, prazos e condições de compras de cada um deles. Certamente essa tarefa vai auxiliar em sua produtividade no dia a dia.

6. Não se esqueça de organizar o espaço físico

Não podemos esquecer de citar a organização do espaço físico. Afinal, de nada adianta ter todas as informações sobre as mercadorias sempre à mão se não conseguir encontrar um item na prateleira, não é mesmo?

Então, aqui vai algumas dicas para organizar o espaço físico do seu estoque:

  • Aumente a capacidade de armazenamento vertical;
  • Deixe os itens mais populares em locais mais visíveis;
  • Mantenha as mercadorias pesadas mais próximas do chão e produtos mais leves nas prateleiras superiores.

Conclusão

Percebeu como um sistema veterinário é importante para a gestão do seu negócio?

O software BensVET tem todas as funcionalidades que você precisa para organizar o estoque da sua clínica ou hospital veterinário, como controle de entrada e saída de mercadorias, prazo de validade, contato de fornecedores, aviso de compras, dentre outras.

Se as dicas para organizar o estoque da sua clínica ou hospital veterinário foram úteis para você, continue aqui no blog e descubra como economizar 30% com controle de estoque!

Deixe seu comentário

Grupo Ambplan - Todos direitos reservados - 2019