Começar ou manter um negócio veterinário nem sempre é fácil. Além da preocupação com o bem-estar dos animais, há muitas coisas para pensar e resolver. Por isso, é normal que…

5 erros que você não pode cometer na gestão do seu negócio veterinário

Publicado em 26/03/2020


Começar ou manter um negócio veterinário nem sempre é fácil. Além da preocupação com o bem-estar dos animais, há muitas coisas para pensar e resolver. Por isso, é normal que a pressão faça com que você tome uma decisão ruim que prejudique ou atrase o crescimento da empresa.

Isso é totalmente compreensível e pode acontecer até mesmo com o proprietário de clínica veterinária mais inteligente e experiente. Para ter uma ideia, uma a cada quatro empresas precisa fechar as portas antes de completar dois anos de existência.

Infelizmente, não existe um plano infalível para não fazer parte dessa estatística desanimadora. Contudo, existem vários erros comuns e perigosos que muitos empreendedores cometem e que podem impactar negativamente o sucesso de um negócio veterinário. Mas sim, você pode evita-los!

5 erros que você deve evitar em seu negócio veterinário

Aqui estão 5 dos erros mais comuns que você não pode cometer na gestão do seu negócio veterinário. Confira!

1. Não conhecer seu perfil de empreendedor

Todos nós temos pontos fortes e fracos e, às vezes, essas características não se encaixam bem no modelo de negócio que queremos usar. Isso pode causar resultados desastrosos. Por isso, o autoconhecimento é uma parte essencial para quem resolve empreender.

Então, pare um minuto para pensar nas atitudes que você tem como gestor e como isso pode interferir no desempenho do seu negócio veterinário.

Quando você conhece o seu perfil de empreendedor, é possível ter clareza sobre os seus pontos fortes e fracos e ficar mais preparado para aproveitar as oportunidades que têm a ver com você.

Existem vários tipos de empreendedores, desde os mais ousados até os conservadores, independentes e visionários. O Sebrae tem um conteúdo bem interessante para ajudar a descobrir qual o seu perfil de empreendedor que vale a pena conferir.

2. Falta de planejamento

Um erro bastante comum em empresas de todos os setores é a falta de planejamento. Sabemos que elaborar um plano de negócios pode ser entediante, mas sem uma estratégia sólida para seu negócio veterinário você estará trabalhando no escuro.

Powered by Rock Convert

A proposta principal do planejamento é ajudá-lo a ter mais clareza de onde quer chegar e como transformar sua ideia em um empreendimento rentável. Para isso, trace os objetivos do seu negócio veterinário tanto para o curto quanto para o longo prazo.

O que espera alcançar em três meses? E em seis meses? Onde você enxerga seu negócio veterinário daqui a um ano? O que pretende realizar em cinco anos? O que precisa fazer alcançar cada um desses objetivos? Responder a essas perguntas é um bom começo!

3. Falta de capacitação

Gerenciar um negócio veterinário vai além de conhecer os cuidados necessários com os animais. Na realidade, existem muitas preocupações que precisam de atenção, como finanças, controle de estoque, atendimento ao cliente, divulgação etc.

Para conseguir lidar com tudo isso e levar sua clínica ou hospital veterinário para outro patamar, o gestor precisa se capacitar, aprimorar suas habilidades e se atualizar constantemente.

4. Descontrole financeiro

Um erro comum em negócios veterinários é se preocupar apenas com um bom atendimento aos pets e deixar de lado questões essenciais da administração, como a gestão financeira.

Infelizmente, nenhuma empresa pode tomar boas decisões sem entender os números. Afinal, muitos acabam fechando as portas simplesmente porque não conseguem controlar as despesas e as receitas.

Uma das maneiras mais simples e eficazes de evitar o descontrole financeiro é realizando um fluxo de caixa. Com isso, é possível acompanhar todas as movimentações financeiras do negócio veterinário, encontrar formas de economizar gastos ou investir mais, por exemplo.

5. Não investir em soluções inteligentes

Outro erro que pode comprometer o sucesso de um negócio veterinário é não investir em soluções inteligentes. Muitas empresas ainda funcionam com uma gestão bem limitada, sem uso de ferramentas tecnológicas que facilitam o trabalho no dia a dia.

Para evitar esse erro, procure estar atento às novidades do mercado veterinário, buscando soluções inteligentes para o seu negócio. Contar com um software de gestão veterinária, como o BensVET, por exemplo, pode fazer toda a diferença. Com ele, é possível ter uma visão abrangente sobre todas as áreas da empresa, evitando falhas humanas e facilitando a tomada de decisões estratégicas.


Esses foram os principais erros que você deve evitar na gestão do seu negócio veterinário. Agora queremos saber: o que você tem feito para não cometer essas falhas em sua empresa? Deixe um comentário!



Deixe seu comentário

Grupo Ambplan - Todos direitos reservados - 2020