Saber qual é a melhor forma de comissionar seus colaboradores é uma grande vantagem competitiva para se manter nesse mercado tão competitivo. Mas por que?

Sabemos que clínicas, hospitais veterinários, pet…

Qual é a melhor forma de comissionar os funcionários de seu negócio veterinário ou pet?

Publicado em 11/10/2019 | Atualizado em 08/10/2019


Saber qual é a melhor forma de comissionar seus colaboradores é uma grande vantagem competitiva para se manter nesse mercado tão competitivo. Mas por que?

Sabemos que clínicas, hospitais veterinários, pet shops e até mesmo estabelecimentos de banho e tosa que possuem funcionários desmotivados ficam para trás. Afinal, esses colaboradores estão preocupados apenas em bater o ponto, deixando a produtividade e excelência de lado, focando apenas em seu salário fixo no final do mês.

Para engajar esses funcionários e cortar esse comportamento improdutivo, muitas clínicas veterinárias e pet shops vêm mudando a estratégia de remuneração da equipe. Dessa forma, os resultados são mais interessantes para ambas as partes.

Uma dessas estratégias é a comissão por resultado. Contudo, para saber como aplicá-la em seu negócio é preciso primeiro entender bem o que é comissionamento.

O que é comissionamento e como aplica-lo na clínica veterinária e no pet shop?

A comissão é um método de recompensa com base no desempenho de um funcionário em um determinado período de tempo.

O intuito é estimular os funcionários que prestam serviços a alcançarem melhores resultados, seja em quantidade ou qualidade.

Aqueles que alcançam à meta proposta têm como forma de bonificação um percentual ou valor pré-estabelecido adicionado ao seu salário.

De alguns anos para cá, várias organizações vêm adotando o método de remuneração variável em substituição ao método tradicional. E isso não está sendo diferente para clínicas veterinárias e pet shops.

Ou seja, com um salário fixo menor, dependendo da comissão para complementá-lo, a tendência é que os colaboradores se esforcem mais e procurem alcançar sua metas.

Essa possibilidade de um adicional de acordo com o desempenho cria um estímulo. Afinal, ele pode não só alcançar o valor do salário fixo (que era maior anteriormente), como superá-lo, podendo ser melhor remunerado ao final do mês.

Assim, há um aumento da motivação e consequentemente da produtividade, trazendo como resultado final benefícios para a empresa como um todo.

Por isso, veja neste post 5 dicas para comissionar seus funcionários e como aplicá-las no ramo veterinário e pet.

1. Determine a meta esperada para cada profissional de seu estabelecimento pet

Para saber como será feito o comissionamento, primeiro é necessário estipular as metas para cada funcionário.

Leve em consideração todos os tipos de profissionais presentes em seu negócio. Pet shops e estabelecimentos veterinários normalmente possuem os seguintes profissionais:

É fundamental entender que cada profissional realiza tarefas diferentes e, por isso, devem receber metas de acordo com suas atividades.

As metas devem ser estabelecidas para todas, ou pelo menos, para os principais funcionários de seu estabelecimento.

Vamos dar um exemplo:

Os atendentes realizam o primeiro contato com os clientes, agendam consultas, recebem os animais e seus tutores.

Pensando nisso, esses profissionais podem receber uma remuneração variável de acordo com quantidade de agendamentos e qualidade do atendimento, que pode ser avaliada por meio de uma pesquisa com os clientes.

Assim, podemos definir que a meta do atendente é realizar 100 agendamentos mensais e ter um índice de qualidade de atendimento em 80% (de acordo com o tipo de pesquisa realizada).

Ao criar as metas, pense em um alvo atingível, contudo que seja desafiador, tentando sempre melhorar os resultados que você já atinge.

Você também pode ouvir a opinião dos funcionários antes de fechar as metas. Com isso eles sentirão que fizem parte dessa definição, diminuindo assim possíveis queixas futuras.

Com esses números definidos será possível calcular o percentual de pagamento para cada funcionário.

2. Determine a melhor forma de comissionar em seu negócio pet

A melhor forma de comissionar vai depender muito do tipo e nicho do seu empreendimento.

Ou seja, dependendo de sua realizada, a comissão pode ser fixa a todos os prestadores de serviço ou variar de acordo com o nível e as atividades desenvolvidas pelo cargo.

Por exemplo, no caso de uma clínica veterinária que trabalha apenas com atendimento médico aos animais, todos os funcionários que realizarem um certo número atendimentos no mês receberão a comissão deliberada. Os que alcançarem e ultrapassarem as metas receberão um valor excedente.

Agora vamos pensar no caso de uma empresa que preste vários tipos diferentes de serviço. Nela o comissionamento será de acordo com a seção e cargo.

Powered by Rock Convert

Por exemplo, um pet shop com atendimento veterinário, incluído e serviços de banho e tosa, haverá um percentual diferente para cada função.

  • Responsáveis pela venda de produtos como rações, acessórios e brinquedos.
  • Veterinários e auxiliares que realizam atendimentos e consultas, fazem exames e vacinas.
  • Profissionais especializados no banho e tosa de pets.

Existe também, a bonificação por rendimento destinada aqueles funcionários que são reconhecidos por um bom trabalho.

Nesse quesito, pesquisas de opinião com os clientes costumam ser um ótimo meio para levantar informações como quais funcionários são considerados melhores no atendimento, os que precisam melhorar e no que precisam melhorar.

Avaliar por qualidade, além de ajudar no comissionamento, também auxilia no treinamento e desenvolvimento dos funcionários de sua clínica, hospital ou pet shop.

3. Defina um percentual de remuneração por funcionário

Para definir um percentual é necessário primeiramente calculamos o objetivo a ser alcançado naquele mês e a quantidade de clientes necessárias para que o saldo seja positivo.

Depois definimos a melhor forma de comissionar, se utilizando o método fixo ou variável.

O próximo passo é especificar o valor exato desse percentual que cada funcionário irá receber.

Baseado então, no faturamento da empresa e numa provisão do aumento mensal desejado, será então mensurado o que será pago a mais pelo desempenho.

Aqueles que atingirem a meta receberão o seguinte valor de acordo com as regras citadas anteriormente.

Portanto, devemos levar em consideração o salário fixo já praticado e se o percentual será com base nele ou na quantidade vendida no mês.

Os valores totais devem ser trabalhados em cima do piso e dos pagamentos praticados pelo mercado.

Além disso, outro critério a se determinar é a dificuldade do serviço em questão e da quantidade de tempo que cada uma demanda.

Em outras palavras, a venda de um pacote de ração é feita muito mais rápido do que um banho em um pet.

Da mesma forma, deve haver uma equiparação entre os funcionários para que não haja grandes discrepâncias e futuros conflitos.

O ideal é que o estímulo seja à todas as partes e que haja uma participação integral dos contratados. O objetivo é gerar uma alavancagem nas vendas gerais da empresa.

Após definir esse valor, um Sistema Veterinário como o BensVET pode automatizar o cálculo das comissões, agilizando o processo e reduzindo a chance de erros, pois estará sempre sincronizada com toda a relação de vendas de produtos e serviços.

Você pode conhecer mais sobre o sistema por meio de uma demonstração gratuita do BensVET. Inscreva-se já para saber mais sobre essa e muitos outros benefícios que o BensVET pode trazer ao seu negócio pet ou veterinário!

4. Considere a taxa de rejeição e retenção de clientes nas comissões

É importante salientar que apenas gerar números não é suficiente. Junto com o aumento do atendimento precisa haver qualidade no que é ofertado.

Desse modo, os clientes se sentirão satisfeitos com o trabalho e retornarão posteriormente. Seja na venda de um produto ou na prestação de um serviço.

Quando um cliente entra no estabelecimento e logo em seguida vai embora, sem dar prosseguimento, consideramos como rejeição.

Então, a taxa de rejeição são aqueles clientes que têm a curiosidade, mas, não se interessam o suficiente para ficar.

Diminuir a taxa de rejeição e a taxa de abandono (churn) é essencial para o bom faturamento da clínica veterinária ao final do mês. O fator primordial para que isso aconteça é conquistá-los com é o prestar um atendimento de excelência.

Reter clientes e manter uma carteira ativa com usuários que retornam ao seu estabelecimento quando precisam e indicam à novos é primordial.

Vale lembrar também que, se tratando desse nicho em particular, às pessoas estão dispostas a pagar mais caro em troca da garantia de que não precisarão se preocupar com o tratamento que seus pets irão receber.

Conclusão

Em resumo, vimos neste artigo as algumas formas de comissionar seus funcionários garantindo a qualidade do serviço. Seguir essas dicas trará maior garantia de sucesso para sua clínica veterinária ou pet shop.

Também entendemos que, embora pareça meio contraditório, tirar mais dinheiro para pagar comissão significa que mais dinheiro entrou proveniente dos resultados.

Afinal, se os funcionários estão mais felizes, eles trabalham melhor, o que, consequentemente, resulta em bom atendimento, que satisfaz os clientes e faz com que eles voltem e comprem mais.

Para facilitar o comissionamento dos seus funcionários e ainda melhorar a gestão do seu negócio, conte com o BensVET! Solicite agora uma demonstração exclusiva para o seu empreendimento.



Deixe seu comentário

Política de Cookies | Política de Privacidade | Termos de Uso

Grupo Ambplan - Todos direitos reservados - 2020